A fábrica do poema
Cm                               Ab
Sonho o poema de arquitetura ideal  cuja própria nata de cimento
                                Db7
Encaixa palavra por palavra, tornei-me perito em extrair
                      Db7/9
Faíscas das britas e leite das pedras.
    Cm             Fm
Acordo, e o poema todo se esfarrapa, fiapo por fiapo.
    Cm
Acordo, o prédio, pedra e cal, esvoaça
                                    Fm
Como um leve papel solto à mercê do vento
Ddim
E evola-se, cinza de um corpo esvaído de qualquer sentido
     Cm
Acordo, e o poema-miragem se desfaz
                 Fm
Desconstruído como se nunca houvera sido.
       Cm
Acordo! Os olhos chumbados pelo mingau das almas
          Fm
E os ouvidos moucos,
      Ddim                                Am
Assim é que saio dos sucessivos sonos:
 Am                                                 Dm
Vão-se os anéis de fumo de ópio e ficam-me os dedos estarrecidos.
                                                              Dm
Metonímias, aliterações, metáforas, oxímoros sumidos no sorvedouro.
                                 F
Não deve adiantar grande coisa permanecer à espreita
        Bdim
No topo fantasma da torre de vigia
Ddim                                                Am
Nem a simulação de se afundar no sono, nem dormir deveras.
F                          E7       Am
Pois a questão-chave é:
                     Am                         Dm
Sob que máscara  retornará o recalcado
                     Am                      Dm  Am
Sob que máscara  retornará sob que máscara
|/fico-assim-sem-voce-tablatura-adriana-calcanhotto|Fico assim sem você|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/devolva-me-tablatura-adriana-calcanhotto|Devolva-me|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/saiba-tablatura-adriana-calcanhotto|Saiba|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/maritimo-tablatura-adriana-calcanhotto|Marítimo|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/ser-de-sagitario-tablatura-adriana-calcanhotto|Ser de sagitário|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/dona-de-castelo-bonus-track-tablatura-adriana-calcanhotto|Dona de castelo (bônus track)|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/mais-perfumado-tablatura-adriana-calcanhotto|Mais perfumado|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/mentiras-tablatura-adriana-calcanhotto|Mentiras|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/esquadros-tablatura-adriana-calcanhotto|Esquadros|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 |/nunca-tablatura-adriana-calcanhotto|Nunca|Adriana Calcanhotto|/tmp/adriana-calcanhotto.png?13 10
|/tablatura-marisa-monte|Marisa monte||/tmp/marisa-monte.jpg?9 |/tablatura-ana-carolina|Ana carolina||/tmp/ana-carolina.jpg?59 |/tablatura-djavan|Djavan||/tmp/djavan.jpg?93 |/tablatura-tim-maia|Tim maia||/tmp/tim-maia.jpg?55 |/tablatura-caetano-veloso|Caetano veloso||/tmp/caetano-veloso.jpg?38 |/tablatura-roberto-carlos|Roberto carlos||/tmp/roberto-carlos.jpg?5 |/tablatura-fagner|Fagner||/tmp/fagner.jpg?16 |/tablatura-cassia-eller|Cássia eller||/tmp/cassia-eller.jpg?0 |/tablatura-legiao-urbana|Legião urbana||/tmp/legiao-urbana.jpg?85 |/tablatura-vanessa-da-mata|Vanessa da mata||/tmp/vanessa-da-mata.jpg?18 5